Bissexual? Estudo analisa se homens bissexuais realmente existem
Lewis Oakley é um ativista bissexual
Lewis Oakley é um ativista bissexual britânico

Uma equipe de cientistas de várias instituições dos EUA e Reino Unido diz ter encontrado evidências da existência da bissexualidade masculina. No artigo científico, publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, o grupo de pesquisadores descreve seu meta-estudo, uma revisão de inúmeros outros estudos relativos a bissexualidade em homens, e o que foi descoberto no processo.

Dúvidas na população geral, e entre os cientistas, existe há muitos muitos anos sobre a existência da bissexualidade. Os mais céticos entendem que homens ou são heterossexuais ou são gays, não existe meio termo. Há argumentos que sugerem que aqueles que se dizem bissexuais são gays querendo atenuar a própria homossexualidade. Apesar dos argumentos muitos homens continuam insistindo veementemente que são bissexuais.

Um fator curioso é que muitos dos céticos com a bissexualidade masculina acreditam que mulheres podem ser atraídas por pessoas de ambos sexos. Não se sabe exatamente porque há essa distinção de noções entre a bissexualidade feminina e masculina e porque a das mulheres é aceita com mais facilidade.

Para desvendar a verdade inúmeros cientistas nas últimas décadas tem realizados estudos para descobrir a resposta. A maioria dos estudos envolvia um dispositivo que era acoplado no pênis dos voluntários para determinar sua excitação sexual ao assistir cenas eróticas. O equipamento detectava possível excitação sexual.

Nesse último estudo intitulado “Evidências robustas de orientação bissexual em homens” os cientistas estavam decididos a resolver a questão definitivamente ao investigar todas as pesquisas já feitas envolvendo bissexualidade masculina em busca de consenso.

Os cientistas observaram que estudos prévios demonstraram que a bissexualidade masculina realmente é um fenômeno verdadeiro. Uma parcela dos homens verdadeiramente fica excitada sexualmente por mulheres e homens.

Graus de bissexualidade masculina

O estudo também confirmou a noção de homens, que se identificam como bissexuais, de que há uma escala de bissexualidade: alguns se inclinam mais para a homossexualidade, outros mais para a heterossexualidade enquanto há aqueles que ficam igualmente excitados por pessoas ambos os sexos.

Os pesquisadores sugerem ainda que a evidência é forte o suficiente para pôr um fim ao debate. [Medical XPress]

[ad_2]

Source link

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send message via your Messenger App