Estranho sintoma de coronavírus: perda do olfato

De acordo com otorrinolaringologistas britânicos – especialistas em orelha, nariz e garganta -, cerca de um terço dos pacientes que testaram positivo para COVID-19 na Coreia do Sul, China e Itália também relataram perda de olfato, um sintoma chamado de anosmia ou hiposmia.

Isso significa que qualquer pessoa que tiver uma perda repentina de olfato pode ser um “portador oculto” de coronavírus, mesmo que não tiver nenhum outro sintoma.

Casos leves

Os cientistas indicaram que muitos pacientes ao redor do
mundo que testaram positivo para o COVID-19 não tiveram outros sintomas a não ser
perda de olfato e paladar, sem a presença de outros sinais geralmente
associados com a doença, como febre e tosse persistente.

“Na Coreia do Sul, onde os testes têm sido mais
difundidos, 30% dos pacientes que testaram positivo tiveram anosmia como o
principal sintoma em casos leves”, disseram a presidente da Sociedade
Britânica de Rinologia, Clare Hopkins, e o presidente da Associação de
Otorrinolaringologia britânica, Nirmal Kumar, em um comunicado.

Além disso, a dupla informou que o Irã relatou um aumento repentino de casos de anosmia isolada, e muitos colegas dos EUA, França e norte da Itália tiveram “a mesma experiência”.

Principalmente em jovens

Kumar argumentou ao Sky News que pacientes mais
jovens podem ser aqueles que mais comumente apresentam apenas perda de olfato
ou de paladar, sem demonstrar outros sintomas mais reconhecidos do coronavírus.



[ad_2]

Source link

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send message via your Messenger App