Motivos para manter a rotina de exercícios físicos

Nesse período, a rotina de atividades físicas de muitas pessoas mudou. Mas continuar fazendo exercícios traz benefícios tanto para a mente quanto para o corpo. Diante do momento que passamos com o combate ao novo coronavírus, pode ser difícil manter a motivação e ter o mesmo rendimento de outros períodos. Nesse caso, se dê um desconto.

Sem poder ir à academia, é possível fazer exercícios físicos em casa e manter os benefícios da atividade. Talvez, não da forma como eram feitos antes, mas há algumas alternativas para quem quer se exercitar em casa. Manter as atividades pode proporcionar benefícios além daqueles para o corpo.

Redução do estresse

Pode não funcionar como um passe de mágica, mas há evidências científicas de que atividades físicas reduzem o estresse. A Escola de Medicina da Harvard mostrou que exercícios aeróbicos ajudam a conter hormônios do estresse como cortisol e adrenalina e aumenta o nível de endorfina. Além disso, aumenta a presença de serotonina e dopamina no cérebro.

Um estudo publicado em 2018 na Lancet Psychiatry identificou que pessoas que se exercitam com regularidade relataram, no mês, 43% menos dias com problemas relacionados à saúde mental, em comparação aos que não fazem. A relação foi mais evidente em pessoas que fazem sessões de exercícios físicos com duração entre 30 e 60 minutos, três a cinco vezes por semana.

Esses dados podem ter análises diferentes: ou as pessoas sentem-se melhor por fazer exercícios, ou fazem exercícios porque são mais animadas. Mas vale a tentativa. Muito exercício também não é a solução. Nesse estudo, a prática de exercícios mais de 23 vezes por mês ou com sessões com duração maior do que 90 minutos, foram associadas à saúde mental pior.

Mais feliz

Um estudo da Universidade de Vermont identificou que praticar exercícios por 20 minutos pode melhorar o humor por 12 horas. Outra pesquisa publicada na PLoS One identificou que pessoas fisicamente mais ativas são mais felizes. Além disso, são mais felizes nos períodos em que são mais ativas. A pesquisa sugere que a felicidade não está apenas relacionada a exercícios físicos, mas também a atividade física.

Autoconfiança

Terminar um treino difícil pode aumentar sua confiança. Sair da zona de conforto e mudar a forma como se exercita ou faz a atividade planejada mesmo tendo que adaptar para ser feita em casa, pode fazer com que você se sinta capaz de fazer outras coisas. O progresso e a superação de desafios também podem aumentar a sua moral.

Mais clareza

Os exercícios também são bons para as funções cognitivas. Um estudo publicado em 2019 na Neurology identificou que adultos que praticaram exercícios aeróbicos por seis meses tiveram resultados melhores em testes que exigiam memória, pensamento flexível e atenção. Além disso, uma metanálise de 12 estudos concluiu que treino de força pode melhorar a flexibilidade cognitiva. A informação foi publicada na Sports Medicine.

Energizar

Os exercícios podem ajudar com as baixas de energia. Isso porque o fluxo de sangue beneficiado pelos exercícios ajuda a levar oxigênio e nutrientes para os músculos, de acordo com estudo da Universidade da Georgia. Até mesmo exercícios de intensidade leve a moderada, 20 minutos por dia três vezes por semana durante seis semanas, pode ajudar a diminuir a fatiga e aumentar os níveis de energia.

Lidar com ansiedade e depressão

Exercícios físicos podem ajudar pessoas a lidar com ansiedade e depressão. Um estilo de vida saudável com exercícios e sono suficientes pode ajudar a combater a ansiedade.  Especialmente se for combinado com tratamentos como psicoterapia e medicação. Além disso, o Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos recomenda atividade física e exercícios como forma de sentir-se melhor durante tratamento de depressão.

Os exercícios não substituem a terapia ou medicações. Além disso, pode ser difícil ter motivação para praticar essas atividades, quando se lida com problemas relacionados à saúde mental.

Estrutura no caos

Em tempos conturbados, o exercício físico pode dar estrutura às pessoas. Se você está de quarentena sozinho nesse período de combate ao novo coronavírus, pode ser que passe o tempo todo em casa. Assim, o dia pode parecer interminável e, talvez, fique difícil diferenciar o horário de expediente do período que não é de trabalho.

Fazer exercício antes do trabalho para começar com ânimo, ou ao final para marcar a transição pode ajudar.

Dormir melhor

Estudo publicado na Mental Health and Physical Activity identificou que pessoas que praticam pelo menos 150 minutos de exercício físico por semana têm 65% menos de chances de sentir excessiva sonolência durante o dia.

Criar looks

As roupas para exercícios físicos, além de confortáveis, podem ser coloridas e estampadas. A dica é ver o que tem no guarda-roupa e fazer novas combinações. Talvez, esse seja um bom momento para experimentar combinações que você nunca ousou usar em público.

Amar seu corpo

Fazer exercícios físicos é uma forma de mostrar respeito ao seu corpo.  É importante cuidar dele, que vai nos acompanhar por toda a vida. Concluir um treino é um motivo para ficar orgulhoso, principalmente quando foi preciso encontrar motivação para isso. [Self, The Lancet, PLoS One, Harvard Health]



[ad_2]

Source link

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Send message via your Messenger App